5 Passos para ter uma microcervejaria mais segura

5 Passos para ter uma microcervejaria mais segura

O Brasil vem se tornando uma referência no ramo da produção de cerveja;  já ultrapassa, inclusive, a Alemanha. Sendo assim, uma das grandes tendências é a crescente criação de novas micro cervejarias no Brasil, com diversos sabores e agradando às mais diversas faixas etárias.

Para que uma micro cervejaria possa ter seu pleno funcionamento é necessário que esteja devidamente regulamentada junto aos órgãos competentes, com a aprovação da planta adequada. Para que isto aconteça é necessária uma análise de riscos, visando evitar acidentes, ou seja, com atuação na prevenção.

Assim sendo, a análise identifica os riscos para, então, criar medidas de prevenção. A avaliação de riscos é um processo posterior e dependente da análise.  Primeiramente, serão calculados os resultados coletados e, depois, mensurada a abrangência do risco avaliado, como veremos nos passos a seguir:

1º Passo – Análise de riscos quantitativa ou qualitativa –

A análise qualitativa determina a qualidade, a partir de um checklist para registrar onde estão os riscos, definindo quais são os tipos e graus de riscos.

Já a  análise quantitativa avalia a quantidade de riscos presentes. Essa forma de avaliação é realizada a partir do uso de ferramentas que podem determinar as questões ligadas a som, iluminação, ruído, entre outros fatores no ambiente de trabalho. Com essas duas observações é possível criar ações de segurança como Mapeamento de Riscos, Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, entre outros.

De forma geral, a análise de riscos na microcervejaria deve ocorrer em três fases:
  •  Identificação dos perigos e riscos;
  •  Levantamento das possíveis vítimas e consequências, avaliação de riscos, registro;
  •  Implementação de ações e controle das práticas adotadas.

2º Passo – Identificação dos riscos e perigos 

A primeira ação a ser tomada no planejamento de análise de riscos na empresa é avaliar o cenário de forma geral. Observar e pontuar os perigos e riscos que determinada atividade pode gerar. Nessa fase deve-se observar tanto a atividade propriamente realizada, quanto o ambiente em que ela está inserida.

3º Passo – Levantamento das possíveis vítimas e das consequências 

Nessa etapa é o momento de avaliar casos passados de acidentes ocorridos dentro da empresa e analisar possibilidades de acidentes semelhantes voltarem a acontecer, devido à realização das atividades. Deve-se analisar não apenas as probabilidades ligadas aos funcionários, como também ao meio ambiente. É preciso analisar os colaboradores envolvidos e os novos setores que surgem na empresa. Esse é um procedimento que deve ser realizado com certa frequência.

4º Passo – Avaliação dos riscos 

A avaliação é uma das partes do processo onde a análise será feita a partir de números e dados gerais. Pode-se fazer uso de equipamentos, como sugeridos anteriormente no tópico “análise qualitativa e quantitativa”. Esse processo permitirá uma visão mais geral de cada situação dentro da empresa.

5º Passo – Registro e implementação de medidas 

A implementação deve levar em conta a complexidade da empresa e os diversos setores necessários, uma vez que cada setor precisará de uma medida específica. Todas as ações devem tomar como fundamentação os dados extraídos dos processos anteriores.

É preciso registrar a medida e verificar a eficácia das ações diante da prevenção dos riscos. Nesse momento é importante criar meios e ferramentas para analisar e controlar todos os procedimentos adotados pela cervejaria para segurança do colaborador. É a partir do controle de medidas que o gestor irá verificar a eficácia de cada uma das ações.

A seguir, temos um exemplo claro de análise de risco em uma micro cervejaria, realizada no Rio Grande do Sul.

Na Tabela 1, observamos o risco do equipamento de brasagem, que foi classificado com grau de risco “raro”.  

Tabela 1: Equipamento de Brasagem

Fonte: Adaptado NR12, Sem Segredos, 2018.

 

Na Tabela 2, observamos o risco do equipamento máquina de envase de barris, que foi classificado com grau de risco “raro”.

Tabela 2: Máquina de envase de barril

Fonte: Adaptado NR12, Sem Segredos, 2018.


Na Tabela 3, observamos o risco do equipamento fermentador e maturador, que foi classificado com grau de risco “raro”.

Tabela 3: Fermentador e  Maturador

Fonte: Adaptado NR12, Sem Segredos, 2018.

 

Na Tabela 4, observamos o risco do equipamento máquina de envase de garrafas, que foi classificado com grau de risco “baixo”.

Tabela 4: Envase de garrafas

Fonte: Adaptado NR12, Sem Segredos, 2018.


Podemos concluir que, em cada cervejaria, o grau de risco pode variar de  acordo com sua planta;  porém, é importante salientar que o a segurança é essencial  em qualquer ambiente para que ele seja saudável; logo, no setor produtivo, torna-se  uma constante imprescindível, pois este parâmetro está diretamente ligado à  qualidade de produção e processo.

Portanto, é de suma importância a presença de uma equipe capacitada para que seja feito um levantamento inicial dos riscos que podem vir a causar doenças crônicas ou perdas físicas dentro de uma micro cervejaria.

Para mais informações, entre em contato.

Este post tem 11 comentários

  1. erotik izle

    Hi there, I enjoy reading all of your article post. Mandie Caryl Vinna

  2. erotik izle

    Below you will discover the link to some sites that we believe you ought to visit. Veronika Baldwin Rolanda

  3. sikis izle

    Say, you got a nice article post. Thanks Again. Cool. Bobette Henderson Rind

  4. erotik izle

    There as definately a great deal to learn about this topic. I really like all the points you have made. Ranna Burr Batha

  5. film

    I just like the helpful info you provide in your articles. Domeniga Garreth Adar

  6. film

    If some one wishes to be updated with newest technologies then he must be go to see this website and be up to date every day. Linet Bail Dud

  7. film

    Wonderful post! We are linking to this particularly great article on our website. Guenevere Jessee Zimmerman

  8. film

    I really like and appreciate your article. Really Great. Atalanta Ives Kendrick

  9. film

    You really make it seem so easy with your presentation but I find this matter to be actually something that I think I would never understand. Kandace Dana Nixie

  10. film

    These are in fact impressive ideas in regarding blogging. You have touched some pleasant factors here. Any way keep up wrinting. Leodora Douglas Noami

  11. sikis izle

    I am not sure the place you are getting your information, but good topic. Loella Omero Boar

Deixe uma resposta