Mapeamento de Riscos no salão de beleza: precisa?

Mapeamento de Riscos no salão de beleza: precisa?

Que as idas aos salões de beleza, em busca de uma melhor aparência, vêm se tornando mais recorrentes a cada dia, isso não é novidade para ninguém. Mas, paralelo a isso, a busca por novidades na área da estética e da beleza se intensificou nos últimos anos, o que, logicamente, abre um leque para novos perigos à saúde em relação a procedimentos ainda pouco testados. 

Ademais, em meio à rapidez com que cada cliente precisa ser atendido, é comum que os profissionais não realizem os procedimentos de higiene corretamente, como o manuseio, a limpeza e o descarte correto, tanto de produtos, quanto de equipamentos. Diante desse cenário, há alguns riscos atrelados à saúde de quem irá utilizar esses materiais, o que inclui os clientes e, principalmente, os funcionários, por conta do contato constante com esses serviços.

O Brasil, de acordo com a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosmético), é o quarto maior mercado consumidor do mundo nos segmentos de produtos e equipamentos de beleza e estética, com movimentação aproximada de US$ 29,6 bilhões por ano. Esse mercado, no Brasil, chega a mais de um milhão de profissionais especializados na área. 

Porém, para que exista confiança nos estabelecimentos, é necessário que algumas regras sejam estabelecidas. A mais básica e óbvia é no âmbito da higiene, saúde e segurança, tanto para os clientes quanto para os profissionais e seus funcionários. Assim, evitar acidentes de trabalho é o mínimo que se pode oferecer às pessoas envolvidas e, portanto, o Ministério do Trabalho propõe a inclusão do Mapeamento de Riscos ao local.

O Mapeamento de Riscos é um documento que descreve os possíveis perigos presentes no ambiente de trabalho. Os funcionários têm acesso a consulta desse e, desse modo, sua produção é realizada para fácil entendimento, ou seja, para ser autoexplicativo. 

É um investimento que tem como objetivo, nesse caso, o aperfeiçoamento dos procedimentos realizados no salão, prevenindo enfermidades decorrentes do mau uso dos materiais utilizados durante os processos estéticos. Com ele, é possível direcionar a forma como os funcionários trabalham e dar um diagnóstico da situação de saúde e segurança no local de trabalho. 

Além dos benefícios aos contratados e contratantes, o dono do estabelecimento tem prós excelentes para contratar o serviço de Mapeamento de Riscos, já que, com fluxogramas plausíveis sobre os procedimentos, a produtividade cresce expressivamente, ao evitar possíveis dúvidas e perdas de tempo. Consequentemente, a lucratividade aumenta, ao melhorar os processos, o tempo e o bem estar oferecido ao cliente.

Você, proprietário de Institutos ou Salões de Beleza, ficou curioso sobre os possíveis riscos existentes no seu estabelecimento? Continue lendo esse texto para estar por dentro de alguns possíveis riscos presentes no seu negócio.

  • Riscos Físicos 

Se encaixam em riscos físicos aqueles em que a presença de energia pode trazer danos à saúde humana, podendo advir de ruídos, vibração, umidade ou temperatura. Um exemplo simples são os barulhos decorrentes dos equipamentos.

  • Riscos Químicos 

Nos riscos químicos, vale ressaltar os referentes a névoas, vapores, poeira, gases ou fumos. Alguns produtos de cabelos são extremamente perigosos, como demonstram as pesquisas que correlacionam a progressiva com o aparecimento de cânceres e, com uma má administração desses, podem ocorrer diversos acidentes ou intoxicações, tanto de clientes como de funcionários.

  • Riscos Biológicos 

Nos riscos biológicos, destacam-se aqueles referentes à exposição de vírus, fungos, bactérias ou parasitas. Em Institutos de Beleza, esses riscos estão relacionados a má esterilização de equipamentos e instrumentos de uso comum, resultando em doenças, como micose (muito comum na manutenção das unhas).

  • Riscos Ergonômicos 

Destacam-se como riscos ergonômicos aqueles referentes à ritmos excessivos de trabalho, movimentos repetitivos e/ou posturas inadequadas. Em salões de beleza, é comum que os funcionários realizem escovas em clientes, este pode ser um risco em potencial relacionado com  movimentos repetitivos do braço, e que a longo prazo, podem gerar diversas doenças que podem afetar tendões, músculos e nervos.

  • Riscos de Acidentes 

Entram nesse tópico os riscos referentes à iluminação inadequada, equipamentos sem proteção, arranjo físico inadequado, eletricidade e animais peçonhentos.

Assim, frisamos muito a necessidade de se conhecer os perigos da vaidade quando não se preza pela saúde em primeiro lugar. E, pensando nesse assunto, a Inova Jr. está preparada para atender quaisquer dúvidas mais específicas sobre o Mapeamento de Riscos e prestar consultorias na área. Visamos sempre compartilhar conhecimento e auxiliar na redução de danos à saúde e ao seu bolso. Entre em contato!

Deixe uma resposta